A ação truculenta da GCM na praça Roosevelt em SP

Tempo de leitura: 3 minutos

Esta semana zapeando pelo Facebook dei de cara com um vídeo de uma ação da Guarda Civil Metropolitana de SP em relação a uma suposta violação em uma praça de São Paulo feita por um grupo de skatistas.

Ao que parece os skatistas estavam usando os bancos para fazer manobras e isto estava destruindo o patrimônio público.

Logicamente que eu tendo a ficar do lado dos skatistas por ser cidadão e saber que a polícia sim em diversos momento tende a se exaltar contra tudo e todos.

Mas, há dois lados que devem ser analisados neste acontecimento e como sempre, ambos os lados precisam aprender com o acontecimento.

O acontecimento ocorreu porque os skatistas estavam usando a praça para suas manobras, possivelmente gerando problemas aos transeuntes e também gerando problemas ao patrimônio público.

E infelizmente este é o ponto da história, porque não sabemos o que levou a polícia a efetuar esta operação.

Se foi simplesmente porque deu na telha ou os skatistas já haviam sido avisados anteriormente sobre suas atitudes.

Mas uma coisa é certa. Gente … a praça é de todos. Se houve exagero dos skatistas é só eles começarem a se policiar para conviver numa boa com a população.

Agora, o que não pode é acontecer o que o Senhor policial psicótico arrumou nesta praça.

Ele acabou tirando toda a razão da GCM simplesmente porque passou dos limites. O trabalho das Guardas Municipais é sim defender o patrimônio público mas sem a truculência que o cara arrumou no vídeo.

Uma das funções da polícia é proteger. Seja os bens públicos ou o cidadão.

Mas o que se vê no vídeo é totalmente o contrário. Se về uma pessoa totalmente despreparada e que perdeu todo o controle emocional simplesmente, pelo argumento que alguém jogou pedras nele. Peraí, quer dizer que um joga pedras e ele despreparado parte do princípio que todos os outros são a mesma coisa ? Estranho né ?

Resumo, o cara exagerou e tem que pagar pelo erro sim.

Lendo outros blogs sobre o assunto, ainda me deparo com algumas coisas bem chatas sobre o psicopata em questão. Ele já tem um histórico grande de desrespeito ao cidadão.

gcm-09012013

A foto acima é do SBT e mostra o mesmo guarda atacando um morador de rua. E aqui o link para o vídeo ( o código embed do UOL não rolou aqui ).

Após ver os vídeos me pergunto como um cara deste está trabalhando ainda. E pior, de acordo com o blog Nerd Pride o cara está com status de INSUFICIENTE nas avaliações da guarda, e continua ali, detonando os cidadãos ( o relatório é de 2009 mas duvido que ele tenha melhorado … ).

gcm-09012013-1

Se por um lado fico chateado com a atitude deste policial, fico feliz com a opinião de outros agentes da lei, com o pessoal do blog Abordagem Policial que mostra que sim, há policiais que querem o nosso bem.

Fica a esperança que estes problemas ocorram cada vez menos, mas ambos os lados tem que aprender. A convivência só é pacífica quando todos respeitam a liberdade dos outros. Ou seja, um ditado antigo, que sempre vale.

Sua liberdade começa onde termina a do outro.

Sobre ataliba

Analista de Sistemas com especialistas em Unix/Linux e Redes de Computadores aprendeu a gostar de segurança da informação durante sua atuação profissional e após uma Pós, se apaixonou por inteligência e ContraInteligência.