kGraft foi proposto para ser incluído na branch Linux-Next do kernel do Linux

Parece que estamos caminhando para um modelo oficial de aplicar patches on line no kernel. E o Kgraft que é o modelo proposto pelos desenvolvedores do SuSE está sendo proposto para a branche linux-next, ou seja, o que será inserido nas próximas versões do kernel. Eles saem um pouco na frente dos outros desenvolvedores que ainda não tiveram esta coragem.

Há duas grandes propostas de live patching do kernel. O pessoal da distribuição SuSE propõe o modelo do Kgraft e a Red Hat vem com seu Kpatch. Ambos tem coisas em comum mas são um pouco diferentes na metodologia. O que seria interessante e ainda não foi pensado pelos desenvolvedores é que eles poderiam se juntar e criar um método mais generalista que seria melhor aceito por todo o mercado, até porque para todos nós usuários isto seria ótimo.

KernelMas ao que parece eles não querem se juntar e Jiri Slaby da SuSE propôs na lista de discussão do kernel para todos os desenvolvedores requisitando que o kGraft seja adicionado a branch oficial do kernel.

A proposta foi feita mas ao que parece já houve resistência, o que é muito comum na lista do kernel. Além disto alguns desenvolvedores não gostaram da gestão kthread que está sendo utilizada nos patches do kGraft.

Ou seja, agora é acompanhar como a coisa vai andar. Se os desenvolvedores das duas soluções vão resolver se juntar para criar uma solução comum ou, no fim, qual delas será a escolhida para ser a solução oficial do Linux como um todo.

Aguardem mais novidades por aqui porque eu finalmente voltei a postar aqui no blog. Desculpem pela ausência nos últimos dias 🙂