Será que realmente quem fraudou o bloqueio do whatsapp teve suas fotos vazadas

E aparece mais uma lenda que começou a ser replicada pelo Facebook. Mas, nós aqui do Desinformação, mesmo que tenhamos também ficado bem chateados com o ocorrido em relação ao bloqueio do Whatsapp, vamos ser forçados a retrucar esta notícia.

Vamos ressaltar novamente o risco do uso de VPNs abertas, mas … este chamariz para angariar tráfego em cima do dia de blackout do Whatsapp não é lá muito confiável não.

Para quem é ligado em redes sociais sabe que hoje ( ou ontem , só recebi hoje ) começou a circular uma notícia que algumas pessoas tiveram suas fotos vazadas, mas … é bom ter calma nesta hora.

Não vou negar que eu mesmo cai na notícia assim que a li, mas, após uma pequena leitura cuidadosa foi possível notar que há algumas inconsistências que colocam tudo abaixo.

A notícia

A notícia sobre este possível vazamento apareceu em dois sites. E ambos por sinal replicam praticamente o  mesmo texto e usam o mesmo título “Quem fraudou o bloqueio do whatsapp teve suas fotos vazadas” ( 1, 2 ) .

Na última quinta-feira (17/12/15) o aplicativo whatsapp estava bloqueado no Brasil. Alguns usuários burlaram a proibição por meio do VPN (Rede Virtual Privada). Esta alternativa é altamente perigosa para o sigilo de suas informações, especialmente fotos íntimas, senhas e dados bancários.

Quando se cria uma VPN, abre-se um caminho de duas mãos, ou seja, o WhatsApp passa a funcionar por ali e, ao mesmo tempo, o domínio detentor da VPN passa a ter acesso a todos os dados do aparelho.

Coincidência ou não, diversos boletins de ocorrência foram abertos nas primeiras horas desta sexta-feira (18/12/15) em delegacias de crimes eletrônicos de todo o Brasil. Fotos íntimas foram vazadas na porção mais obscura da internet, a Deep Web.

Deep Web é uma expressão em inglês que quer dizer “Internet Profunda”, na tradução literal para a língua portuguesa. É uma zona da internet constituída por um conjunto de sites, fóruns e comunidades que não podem ser detectados pelos tradicionais motores de busca, como o Google ou o Bing, por exemplo.

Ana Paula Greenberg é bancária e tem 26 anos. Embora nunca tivesse enviado nenhuma foto íntima para ninguém (fato comprovado pela perícia que investiga o crime), tinha por hábito fotografar sua nudez. Estas fotos inéditas passaram a ser compartilhadas por usuários da Deep Web e já chegou aos grupos do aplicativo whatsapp.

As investigações até o momento apontam para um fórum na Deep Web com 6 milhões de fotos íntimas. O tópico criado ontem tem o suspeito título de Blackout WA Brazil. Se você utilizou ainda que por poucos minutos o VPN para acessar o whatsapp seus dados neste momento podem estar na Deep Web e em breve podem surgir nas dimensões visíveis da internet brasileira.

A pequena investigação sobre o vazamento de fotos do Whatsapp

Como eu disse numa primeira leitura eu achei que a coisa realmente válida e até comentei com minha esposa aqui em casa sobre este perigo. Após este primeiro choque, comecei minhas buscas sobre as palavras chave que tomei como foco.

Uma é evidentemente a vítima, que Ana Paula Greenberg . A busca que eu fiz no Google foi lógico usando “Ana Paula Greenberg é bancária e tem 26 anos” e  Ana Paula Greenberg.

Além dos dois sites que eu já citei não apareceu nada, leia nada que estivesse citando a notícia. Coisa que já deixa tudo meio em dúvida, pois um caso deste tipo, principalmente após um grande acontecimento como este do bloqueio do Whatsapp daria uma boa visualização a qualquer portal. E com isto, é garantido que eles não deixariam passar.

A outra palavra chave escolhida, evidentemente, foi o nome do fórum que alegamente soltou as informações dos usuários, que é o “Blackout WA Brazil”.

Não há nenhuma ocorrência do mesmo. E sendo um fórum com mais de seis milhões de fotos de usuários, com toda certeza, ele já estaria sendo citado nos fóruns eróticos a muito tempo, e com toda certeza, muitas fotos dele já estariam sendo citadas em grandes portais e blogs além deste dois obscuros.

Com esta segunda informação com toda certeza a luzinha vermelha já havia sido ligada, mas … a máscara da notícia caiu com esta foto aqui .

Foto falta da notícia

A foto que ilustra a notícia não foi ligada a este evento. Em uma busca no Google imagens descobri que esta foto está sim ligada a um evento que ocorreu em uma cidade no interior da Bahia, mais especificamente Monte Santo, onde um grupo de jovens teve uma série de suas fotos divulgadas e logicamente, tudo foi investigado pela polícia.

E com isto ficou fácil concluir que a notícia é fake né ? Mas há outro ponto ninja também.

De acordo com o site hoje, dia 18/12/2015 as delegacias receberam as denúncias e com as perícias feitas (  menos de 24 horas ) já chegaram em um site na Deep Web etc. Gente, isto é impossível.

A polícia levaria pelo menos alguns dias para chegar a uma pista e logo depois, tomar as ações para chegar a uma conclusão plausível . Resumo, é inconsistência demais para uma notícia só.

Finalizando

Portanto, não fique preocupado que não há ( pelo menos até o momento ) realmente nenhuma ocorrência de que houveram problemas de vazamento de dados via VPNs.

Mas isto não diminui o risco do uso delas e ressaltamos novamente. Use estes serviços com muito cuidado, pois eles podem sim lhe trazer problemas.

ataliba

Analista de Sistemas com especialistas em Unix/Linux e Redes de Computadores aprendeu a gostar de segurança da informação durante sua atuação profissional e após uma Pós, se apaixonou por inteligência e ContraInteligência.

Você pode gostar...